O que é dropshipping e quais os prós e contras dessa modalidade?

3 minutos para ler

Você sabe o que é dropshipping? Se trabalha ou é proprietário de um e-commerce, compreender sobre o tema é importante, tendo em vista que esse é um modelo de negócio digital que é cada vez mais praticado.

Porém, se você não sabe nada a respeito disso, não se preocupe! A seguir, explicaremos o que é dropshipping e quais são os seus principais prós e contras. Assim, você saberá se vale a pena ou não investir nessa estratégia. Vamos lá?

Afinal, o que é dropshipping e como colocá-lo em prática?

O dropshipping é uma modalidade de e-commerce em que a loja virtual vende produtos sem tê-los em estoque. Para isso, a compra é feita de um fornecedor, terceirizando a responsabilidade pelo pedido do cliente.

Ao praticar o dropshipping, o lojista se torna uma espécie de intermediário entre o cliente e a empresa que fornece o produto. Para colocar essa modalidade em prática, é fundamental ter um parceiro de confiança, que possa assumir toda a sua demanda de pedidos.

Quais são os principais prós do dropshipping?

Praticar o dropshipping pode ser bastante interessante para os e-commerces, principalmente para aqueles que iniciaram as suas atividades há pouco tempo. Veja quais são os principais prós da modalidade.

Facilidade para iniciar

Quando alguém inicia um novo e-commerce, é natural que não tenha muita infraestrutura para vender uma grande quantidade de produtos. Com o dropshipping, fica mais fácil de tirar as ideias do papel e começar um novo negócio.

Menos gastos

Como não será necessário fazer a manutenção de estoque e de diversas outras operações logísticas, a empresa que investir em dropshipping tem menos gastos. Assim, não é preciso ter um investimento inicial muito grande.

Flexibilidade do negócio

Ao investir em uma estratégia de dropshipping, você terá um negócio flexível. É muito mais fácil renovar os produtos à venda no site, por exemplo, considerando que você não precisa “queimar” estoque. Se um item não vender bem, basta retirá-lo do catálogo.

E os contras?

Apesar das vantagens, o dropshipping também apresenta alguns contras. Listamos os principais!

Margens baixas

Como é necessário terceirizar o pedido do cliente, pode ser que a margem de lucro se torne baixa. Isso acontece, principalmente, porque o preço final não pode ser muito alto; caso contrário, os clientes comprarão da concorrência, que vende o mesmo item por valores mais acessíveis.

Problemas de estoque

Apesar de o estoque ser terceirizado, se ocorrer qualquer problema, é a sua empresa quem terá que resolvê-lo. O cliente comprou do seu negócio, e você é o responsável por garantir que ele receba o produto adquirido.

Altos custos com frete

A depender da localização geográfica da empresa parceira que você escolher e do método logístico que ela optar para fazer as entregas, o preço do frete pode se tornar alto. Com o valor elevado, a quantidade de vendas pode cair.

Então, será que vale a pena investir nesse modelo de vendas ou não? Agora que você já sabe o que é dropshipping e quais são os seus prós e contras, é preciso colocar tudo na balança. Para alguns negócios, certamente a ideia é interessante, mas para comércios maiores talvez não seja a melhor estratégia.

Continue conosco e confira agora o nosso artigo que fala sobre e-commerce com problemas de abandono de carrinho!

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário